Escolha uma Página

Dálmata. Um cão extremamente social e que precisa da companhia humana e atenção.
Foram escolhidos como mascotes de duas campanhas:
a do laser que retira manchas escuras como as manchas que eles também tem;
a do câncer de pele.
Os dálmatas recém nascidos, nascem com manchas na pele que dão uma noção de como ele será quando adulto embora, às vezes, nem todas essas marcas na pele aparecerão no pelo. Quando a mãe limpa os filhotes, essas marcas desaparecem deixando o filhote com um pelo branco.
As manchas definitivas começam a aparecer no pelo aproximadamente com 8 ou 10 dias de nascidos, uns poucos pelos de cada vez. Cada dia trará uma mudança nos filhotes, cada dia eles ficarão diferentes.
O pigmento da pele no nariz e bordas dos olhos às vezes pode estar presente já no nascimento. Ou pode aparecer paulatinamente sendo uma ou duas pequenas marcas no início e depois preenchendo toda a área.
Infelizmente o câncer está sendo diagnosticado com muita frequência na raça e é uma tendência familiar.
Essas características fizeram com que o dálmata fosse também o mascote da campanha contra o câncer de pele.

Informações do Dálmata coletadas na seguinte obra:
Gregory, Geraldine. Animais de estimação – Guia do dálmata / Geraldine Gregory; [tradução: Miguel Cabrera]. São Paulo: Nobel, 1999.

Open chat