Escolha uma Página

As olheiras, seja qual tipo for, acaba dando à pessoa um ar de cansaço e muitas vezes até envelhecido. E isso, claro, acaba incomodando.
Se você sofre com este problema, saiba que para indicar a melhor solução para o seu caso, é preciso descobrir qual seu tipo de olheira (amarronzada, arroxeada ou profunda) e os motivos pelo qual elas estão ali prejudicando a estética de seu rosto.

Quais são os tipos e as causas das olheiras
• Amarronzada – O excesso de melanina na região causa o aparecimento deste tipo de mancha. Geralmente, a causa é genética. Mas também pode surgir em detrimento da exposição solar excessiva ou atrito (coceira). Estes dois últimos fatores aumentam o depósito de melanina na região.

• Roxas – São causadas por vasinhos sanguíneos na área dos olhos. Como a pele é muito fina neste local, qualquer alteração no tamanho dos vasos pode fazer com que fiquem mais visíveis. Esta olheira pode ser genética também ou causada por questões pontuais como noites mal dormidas, crises de rinite ou sinusite.

• Profundas – Algumas pessoas têm falta de gordura na. Esta situação causa uma depressão na área, fazendo com que a olheira fique profunda e provocando sombra. Essa falta de gordura pode ser genética ou surgir com o envelhecimento. No caso do envelhecimento, ela é acompanhada de flacidez de pele e rugas na pele abaixo dos olhos.

Tratamentos para cada tipo de olheira
Como a causa de cada uma delas é diferente, o tratamento também tem de ser. Por isso, vou destacar para vocês os métodos que possuem resultados satisfatórios. Leiam!

Laser e luz pulsada
Este tipo de procedimento deve ser realizado apenas por um dermatologista especialista, já que se trata de uma técnica que necessita de atenção redobrada por estar próxima ao globo ocular.
Os resultados são satisfatórios tanto na olheira amarronzada, quanto na roxa. O número de sessões pode variar de acordo com o grau de pigmentação da mancha. Mas, geralmente, a melhora da olheira já é perceptível com 3 sessões.

Peeling
Auxilia no tratamento de áreas escuras, pois é um método que ajuda a eliminar o pigmento concentrado no local.
Sem contar que o peeling ainda melhora a aparência de rugas, linhas de expressão finas e ainda estimula a renovação celular.

Preenchimento
O preenchimento da região com ácido hialurônico ajuda a diminuir a aparência de olheiras profundas, pois preenche o espaço onde está faltando gordura.
Com o auxílio deste produto é possível garantir um ar jovial e descansado para o rosto.
O dermatologista aplica o produto na área com a ajuda de uma cânula para obter maior precisão. Em questão de minutos, as olheiras profundas são amenizadas.
Este tipo de procedimento é realizado com anestésico tópico e um aparelho que vibra para amenizar a sensação da penetração da agulha na pele.
Tratamento com duração de aproximadamente 16 meses.

Microagulhamento robótico de ouro
O Endymed é um aparelho que conta com pequenas agulhas de ouro que perfuram a pele e promovem a produção de novas fibras de colágeno na região tratada.
Por meio deste tipo de procedimentos é possível tratar manchas, rugas finas e até flacidez.
Indico para aqueles pacientes que têm manchas na área dos olhos. Além de sofrerem com ruguinhas e flacidez.

Dermocosméticos clareadores para a área dos olhos
Em casos leves ou iniciais de olheiras, estes podem ser os aliados para amenizar as manchas escuras ao redor dos olhos.
Mas não é só isso! Gosto de indicar este tipo de produto para a manutenção diária dos resultados conquistados no consultório dermatológico.

Importância do dermatologista para o diagnóstico e tratamento
Somente um profissional especialista é capaz de fornecer o diagnóstico e tratamento adequado para o seu tipo de olheira. Para isso, você pode agendar sua consulta ligando no telefone: (62) 3096-6636 ou mandando um Whatsapp para (62) 9 8304-0044.

Open chat